13 de julho de 2011

Sem ti sou nada

Sou passáro ferido,
Que teima em voar,
Mesmo cansado e desiludido
Busco um lugar para pousar
Sou cantor sem melodia
Que insiste em murmurar,
Sem ritmo ou alegria
Resmungando razões de amar.

Sou lamento
Sou desgraça
Sentimento
Dor que não passa.

Vem pros meus braços amada,
Corre, me dá seu calor
Abraça-me bem apertado
E não me abandone, meu amor!

2 comentários:

  1. Tudo muito interessante por aqui,
    Gostei muito mesmo.
    E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

    http://www.bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já.

    ResponderExcluir
  2. Oi Raphael, como vai?
    estava com muitas saudades de vc...
    fiquei sem net por um tempo...mas agora estou de volta tá bom
    perdi algumas postagens suas...mas estarei lendo elas ....fik com Deus
    te vejo qualquer dia desses lá no UBE ....
    bjsssssss

    ResponderExcluir

Comenta aí!!!